Prós e Contras - Honda Civic 1.8 16V EXS (24/06) Avaliação e ficha técnicas

Caderno de Veículos - Estado de Minas

Publicação: 24/06/2006 15:15 Atualização:

BOM

Altura do solo
Não tem chapa protetora para o cárter e caixa de marchas. Há apenas prolongamento plástico abaixo do pára-choque, de pouca espessura e eficiência limitada. Com carga máxima, não houve interferências com o solo.

Freios
Apresentam bom comportamento dinâmico no uso misto e o pedal de freio tem boa sensibilidade. Apresenta boa desaceleração e espaço percorrido até a imobilização é coerente com a velocidade, além de manter a trajetória. É boa a resistência térmica após uso severo em longa descida sinuosa.

Motor
Tem boa elasticidade e a performance é boa na cidade e na estrada. Rende melhor com o modo seqüencial do câmbio, onde atinge a rotação máxima mais rápido. As retomadas de velocidade e aceleração são boas e o pedal do acelerador é sensível ao menor toque. Potência e torque satisfazem, mesmo tendo a força máxima a 4.300rpm.

Vedação
Boa contra água e poeira.

Direção
A coluna de direção tem ajuste em altura e profundidade. O diâmetro de giro é bom em manobras de estacionamento, assim como a velocidade do efeito retorno. As reações são diretas e leves demais, mas em nível aceitável.

Limpador de pára-brisa

As palhetas têm construção e fixação no braço bem diferentes, com aletas aerodinâmicas incorporadas nas mesmas para aumentar a pressão sobre o pára-brisa de acordo com a velocidade do veículo. Trabalham cruzadas e varrem boa área. É fácil o acesso para reposição de água no reservatório dentro do vão do motor e os dois esguichos são do tipo spray em V, com boa vazão e abertura.

Estepe/Macaco
O estepe está dentro do porta-malas. O pneu é igual aos de uso. A operação de troca é normal, tendo o auxílio de cinco prisioneiros fixos por cubo para o melhor apoio e centragem da roda.

Ferramentas
Tem uma chave de fenda conjugada com Philips.


MEDIO

Acabamento da carroceria
Pintura tem bom acabamento final. Os frisos protetores das portas estão montados numa zona mais baixa que o usual e dessa forma não cumprem totalmente a função. Os faróis, lanternas traseiras e pára-choques têm boa montagem em geral. As portas apresentam-se com pequeno desnivelamento entre si e a tampa do porta-malas está descentralizada. O capô tem boa montagem.

Climatização
Ar-condicionado automático digital, sem opção de temperatura diferenciada para condutor e passageiro, nem difusores de ar específicos para o banco traseiro. Tem bom funcionamento, baixa rumorosidade e está bem vedado. O tempo gasto para dar a sensação de conforto em todo o habitáculo, com o veículo sob o sol por meia hora, foi satisfatório.

Câmbio
É automático, de cinco marchas, tem funcionamento muito bom (trocas suaves e boa sensibilidade em kick-down) e há display no quadro de instrumentos indicando a marcha selecionada. As relações de marchas/diferencial são muito longas. A troca não é automática em função da rotação máxima permitida, mas há corte da injeção. A primeira atinge 67km/h, a segunda 117km/h e a terceira 181km/h, indicados no painel.

Suspensão
Não tem o brilhante acerto da antiga versão do Civic 1999/2000 em conforto de marcha (vazio ou carregado), mas é razoável, assim como a estabilidade em curvas de raios variados, com boa precisão e pouca inclinação da carroceria.

Iluminação
Existe luz de cortesia no porta-malas, porta-luvas e pára-sóis. O quadro de instrumentos tem iluminação permanente dia/noite. A iluminação do habitáculo é composta por duplo spot fixo na zona anterior e lanterna na zona central, com resultado satisfatório. Mas não tem iluminação para os passageiros de trás. O grupo óptico anterior é eficiente no baixo e alto, mas não tem regulagem elétrica de altura.

Alarme
A chave de ignição é codificada e tem controle remoto integrado. Os vidros não sobem automaticamente quando se travam as portas. Na porta do motorista há opção de fechamento/abertura do vidro por um toque e o sistema antiesmagamento funciona bem. Tem proteção contra arrombamento das portas.


RUIM

Vão do motor
O motor preenche todo o vão, que é pequeno, e invade a zona superior do painel de fogo, limitando o acesso para manutenção. O isolamento acústico na parte interna do capô e do painel de fogo tem resultado apenas aceitável em insonorização, pois em alta rotação a transferência de ruído do motor é significativa e incomoda.

Nível de ruídos
Habitáculo não é silencioso, pois tem vários ruídos, principalmente os gerados dentro das colunas B. O efeito aerodinâmico é contido até 120km/h.

Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan


Ficha Técnica
Características
Motor
Tipo Quatro cilindros em linha, 1.8 16V
Posição Dianteiro, transversal
Cilindrada (cm3) 1.799
Válvulas 16
Diâmetro/Curso (mm) -
Taxa de compressão 9,9:1
Potência (cv/rpm) 140 a 6.300
Torque (mkgf/rpm) 27,7 a 4.300
Combustível Gasolina
Transmissão
Câmbio automático de cinco marchas S-Matic seqüencial; tração dianteira
Suspensão
Dianteira McPherson
Traseira Triângulos sobrepostos e barra estabilizadora
Direção
Tipo pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica
Freios
Dianteiros Discos ventilados, com ABS e EBD
Traseiros Discos sólidos, com ABS e EBD
Rodas/Pneus
Liga leve, 16 x 6,5 / 205/55 R16
Dimensões e Capacidades
Comprimento (m) 4,49
Largura (m) 1,75
Altura (m) 1,45
Entre-eixos (m) 2,70
Porta-Malas (l) 340
Tanque de Combustível (l) 50
Peso (kg) 1.260
Desempenho
0 a 100 km/h (s) -
Velocidade máxima (km/h) -
Consumo
Cidade (km/l) -
Estrada (km/l) -
Média (km/l) -

Fonte: Fabricante

Continua no Veja Também (canto superior direito desta página)

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas em destaque