Portal Vrum

Nissan/Divulgação
Nissan/Divulgação

FICHA TÉCNICA
MOTOR
Dianteiro, transversal, de seis cilindros em V, de 3.274 cm3 de cilindrada, 170 cv de potência a 4.800 rpm e torque máximo de
27,1 kgfm a 2.800 rpm
TRANSMISSÃO
Câmbio automático com 4 marchas e overdrive; tração traseira e 4x4
FREIOS
Dianteiros a discos ventilados e traseiros a tambor, e ABS nas quatro rodas
DIREÇÃO
Pinhão e cremalheira com assistência hidráulica
RODAS / PNEUS
Liga leve 7 x 15 polegadas / 265/70 R 15
CAPACIDADE DO PORTA-MALAS
1.076 litros
TANQUE DE COMBUSTÍVEL
80 litros
PESO
1.817 kg
NISSAN PATHFINDER SE 3.3 V6 X CONCORRENTES
Nissan Pathfinder Blazer Executive Grand Cherokee Explorer XLT Pajero
4.3 Laredo 3.0 4.0 Sport 3.0
Potência líquida (cv) 170 180 177 162 177
Dimensões (AxB) 4,53x1,84 4,61x1,69 4,50x1,80 4,79x1,79 4,72x1,78
(CxD) 1,70x2,70 1,64x2,72 1,68x2,69 1,80x2,83 1,90x2,72
Porta-malas (litros) 1.076 456 1.135 1.205 1.350
Velocidade máxima (km/h) 172 179 180 170 175
Aceleração 0 a 100 km/h (s) 11,2 11,0 10,2 12,7 11,1
(A) COMPRIMENTO, (B) LARGURA, (C) ALTURA E (D) DISTÂNCIA ENTRE-EIXOS
* AVALIAÇÃO TÉCNICA
ACABAMENTO DA CARROCERIA
Tem uma qualidade de pintura muito boa, bem como a montagem de todos os componentes, como estribos, pára-barros, guarnições,
defletores, etc, realçando o acabamento geral. O pecado são portas, tampa traseira e capô do motor descentralizados e desnivelados.
VÃO DO MOTOR
O acesso para manutenção é difícil, pois o motor enche todo o vão, e deveriam melhorar o layout, principalmente de mangueiras e chicotes mal colocados. O isolamento acústico mostrou-se insuficiente em alta rotação. Salva-se a fácil identificação dos itens de verificação periódica.
ALTURA DO SOLO
Tem boa altura do solo, com proteção em chapa de plástico na frente do diferencial dianteiro e no tanque de combustível (chapa de aço), que dão tranquilidade no fora-de-estrada (em condições normais, mesmo com carga máxima, não raspa no chão). Além disso tem bons ângulos de entrada e saída.
FREIOS
Apesar de ter ABS, o sistema apresentou um grande retardo em freadas de emergência em estradas de terra. Em outras condições não houve problemas, sendo, inclusive, muito resistentes ao “fading” (perda de eficiência por uso constante).
CÂMBIO
Automático de quatro velocidades, tem relações compatíveis com o torque do motor e peso do carro, permitindo uma boa
dirigibilidade em geral.
MOTOR
É um V6 de 3,3 litros com 170 cv, e deveria ter mais que os 27,1 mkgf de torque. Mas satisfaz no geral, além de ser silencioso e elástico. Com carga máxima e ar condicionado ligado, exige do câmbio troca constante de marchas.
VEDAÇÃO
Não houve infiltrações de água ou poeira durante o teste.
NÍVEL DE RUÍDOS
Em piso ruim não é silencioso, principalmente na zona do porta-malas. Em velocidade o defletor traseiro e barras transversais no teto fazem barulho
SUSPENSÃO
Surpreendeu o nível de conforto de marcha. Até o movimento transversal da carroceria é contido. Além disso tem uma tecla para
adequa-la ao tipo de utilização (“sport” e “comfort”), muito útil conforme o tipo de solo. As suspensões são silenciosas, a
estabilidade boa em utilização normal. Para uso fora-de-estrada os pneus devem ser trocados.
DIREÇÃO
Servo-assistida, é precisa, com volante de boa pega e regulagem de altura. Além disso tem um bom jogo o que ajuda em manobras.
ILUMINAÇÃO
Nada de destaque, apenas o normal. No facho baixo pode-se usar os faróis de neblina embutidos na grade dianteira. Pela categoria que se enquadra, porta-luvas, vão do motor e porta-malas também deveriam ter luz de cortesia como nos pára-sóis.
ESTEPE / MACACO
O macaco está fixado sob o banco traseiro, assim como a chave de rodas e alavanca de acionamento em bolsa plástica. Tem base de apoio do macaco na carroceria na frente e, para as rodas de trás, no suporte da barra estabilizadora. A operação não é simples e deve-se observar a ordem de aperto das seis porcas no cubo.
LIMPADOR DE PÁRA-BRISA
A área de varredura é satisfatória e os comandos racionais, inclusive do limpador traseiro. Os esguichos (dianteiros e traseiro) tem boa vazão, detalhe importante quando se anda no barro.
FERRAMENTAS
Simplesmente não tem. Para um carro que pode ser usado no fora-de-estrada, onde se pode precisar pelo menos de uma chave de
fenda, é difícil entender.
ALARME
É acionado através de tecla na chave de ignição, abrindo e fechando as portas simultâneamente. Ao destravar as portas
acende as luzes internas.
* Estas avaliações foram realizadas para o Caderno de Veículos do jornal ESTADO DE MINAS pelo Eng. Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.

Fonte: Fabricante

ofertas em destaque